22 ♥


Era amor. Sempre o foi. Por mais que fugisse, por mais que tentasse negar, aquela forte sensação de carinho mútuo corria-lhe no sangue, refletia nos seus olhos, sobressaía nas linhas do seu suave rosto. Era-lhe humanamente imposto este sentimento. Chegou, marcou a sua vida, foi embora. Mas tudo o que é bom, acaba por voltar sempre. E então, voltou. Desta vez, tinha a esperança de não voltar a passar por tal mágoa, tinha medo de não conseguir suportar o vazio que entoava na sua alma, como outrora o fez, receio de não encontrar forças, essas que estão inevitavelmente sem vida. Mas o seu amor pediu-lhe mais do que ela tinha para dar, e ela cedeu, sem pensar duas vezes. Porque o amor é instantâneo, e não sabemos como e quando ele acontece, mas quando vem, ele faz-se sentir na memória por longos prazos. E aquela rua, em que ambos passaram momentos surreais, parece estar em todos os recantos. Ambos a encontraram, e deixaram o seu corpo e o seu coração seguir aquele caminho imenso de pedra e escuridão. De olhos fechados, com um silêncio aterrador, eles caminharam, não sabendo para onde.. Mas ainda assim, juntos, o medo não lhes assistia. Sabes aquela sensação, que te sentes pequenina e segura, como quando estás no colo de alguém, naquele pequeno lugar a segurança pairava no gélido ar, que arrefecia os seus rostos, mas nunca o coração. E nem olhando para trás, eles juntaram-se, eles provaram do seu amor, com um tom amargo, com algum receio, com questões que preferiram ignorar.. Por que iriam explicar algo, se o que sentem não é algo explicável, mas sentido. Só eles o sabiam, o guardavam. Como podem dizer que não há histórias intermináveis, se nem o que está sobre nós, diante dos nossos olhos, tem limite. É essa a mansidão das suas almas. Atingiram o ponto mais alto das suas vidas. Foram felizes, nada importou onde foi, como foi, quando foi... Eles ficaram apaixonadamente unidos. O foco era o que sentiam um pelo outro, nada mais era digno de ser levado a sério. Eles brincavam, eles riam, eles choravam por dentro, com vontade de não sair dali. Eles tornaram-se um, e mais fortes do que algumas vez o foram.

20 comentários:

  1. está tão sincero o:
    adoro o teu blog *-*

    ResponderEliminar
  2. Escreves tão bem, a sério! Chorei.
    PARABÉNS, TENS TALENTO! <3

    ResponderEliminar
  3. Obrigado princesa*
    Adoro o teu blog, sigo de volta :)

    ResponderEliminar
  4. Ohh, ainda bem que gostaste, obrigada :')
    Escreves muito bem!

    ResponderEliminar
  5. oh, obrigada princesa! o teu blog também está muito bonito :)

    ResponderEliminar
  6. este texto está lindo ! E confesso, tive de conter as lágrimas! escreves muito bem mesmo*

    ResponderEliminar
  7. muito obrigada anjinho.
    que texto lindo, tão forte! adoro! sigo de volta. beijinhos*

    ResponderEliminar
  8. adorei o texto, está tão lindo e encaixa-se tão bem ne realidade *
    R: sim, mexer o cabelo é um vicio, e que não tem soluçao *
    ainda bem que adoras o meu , mas dá mesmo muito trabalho querida *
    adoro o teu blog querida , aserio *

    ResponderEliminar
  9. nao pares querida , o teu blog é lindissimo e dá para ver que és forte . nao te deixes ir abaixo princesa , continua a escrever, continua a deixar aqui os teus lindos textos !
    tu tambem minha princesa , tens aqui além de uma seguidora, uma amiga :))
    estou aqui para o que precisares minha linda *
    não pares, vamos sentir a tua falta querida <3

    ResponderEliminar
  10. Muito obrigada. Também gostei do teu. Vou seguir de volta :)

    ResponderEliminar
  11. Olá!!

    Obrigada pela visita e elogio; seja sempre muito bem vinda em meu cantinho ;)

    Você me convidou, eu vim aqui ver e AMEI o blog *---*

    Beijo grande

    ResponderEliminar
  12. Oiii! Tudo bem com você?
    Muito obrigada por visitar o meu blog!
    Adoro vir aqui dar uma olhadinha do seu cantinho, é sempre uma honra ter a sua visita no meu e é sempre muito bom vir te visitar!
    Muito obrigada pelo carinho, amei te ver por lá!

    Um grande beijo
    E um ótimo final de semana, com muita luz e amor! :)

    ;**

    www.gabs-13.blogspot.com

    ResponderEliminar
  13. Gostei da sinceridade e da predominância de sentimentos presentes no texto (:

    ResponderEliminar

expressa-te através das palavras e deixa-te levar nelas ♥